Sessão de Esclarecimento

01 Área Desportiva

Venho aqui perguntar algo que de certeza muitos adeptos devem querer saber, quais os planos para a próxima época e os setores que pretende reforçar. Podemos esperar um SC Braga de Champions na próxima temporada? - Afonso Fernandes

O SC Braga apresenta-se todas as temporadas com enorme ambição, assentando a sua preparação em planteis de qualidade e altamente competitivos, como se tem refletido nos últimos anos, quer a nível nacional, quer a nível europeu. Como sabem, o futebol não é uma ciência exata e aquilo a que o SC Braga se predispõe é lutar em todos os jogos pela vitória, seja onde ou contra quem fora.

Gostaria de saber se já começamos a preparar a próxima época ao nível de reforços para o nosso plantel e se alguns jovens da nossa formação também vão fazer parte da nossa equipa principal? - Cristiano Oliveira

A firme aposta na formação é algo que já tem sido feito ao longo das últimas temporadas. É o caminho que definimos para continuar a fomentar o crescimento do SC Braga, não apenas ao nível financeiro, mas também competitivo. A aposta para a próxima temporada continuará, portanto, a ser a mesma. Isto tendo como base o projeto assente na Cidade Desportiva e que servirá como base para todo o crescimento e sustentabilidade do Clube.

Vender o Paulinho porquê? - Patrícia Dias | Tenciona continuar a vender os nossos melhores jogadores aos adversários diretos? Não seria preferível reduzir o lucro e vender para fora? - Jorge Duarte

Tal como todos os outros clubes em Portugal, o SC Braga é um clube vendedor e necessita de receitas extraordinárias para garantir o presente e para preparar o futuro. Não há a mínima hipótese de manter o nível competitivo que temos apresentado época a época sem este tipo de receitas. Além do mais, todos os jogadores têm ciclos definidos nos respetivos clubes. Quando estes se esgotam, ou vendemos ou perdemos o jogador do ponto de vista competitivo. O caso do Paulinho é um exemplo disso mesmo.

02 Infraestruturas do Clube

Venho por este meio questionar-lhe acerca do futuro do nosso clube quanto às instalações/infraestruturas nomeadamente relativas à equipa principal de futebol masculino, isto é, o futuro passará pelo Estádio Municipal de Braga ou por uma requalificação do mítico 1° de Maio? – Lucas Lima | • Vão ser realizadas obras de melhoria no Estádio Municipal de Braga, nomeadamente ao nível dos bares e conforto para os adeptos? Para quando está prevista a inauguração da 2.ª fase da Cidade Desportiva? Será feita a praça do centenário conforme foi anunciada? Para quando estão previstas o arranque das obras da 3.ª fase da Cidade Desportiva que integrará a construção do miniestádio, o Estádio Centenário? A construção de um novo estádio é uma utopia ou podemos ver isso como uma realidade no futuro próximo? - Jorge Duarte

Como é do conhecimento geral, o SC Braga enfrenta muitas limitações nas questões relacionadas com alterações do Estádio Municipal de Braga. Por muita vontade que tenhamos, não temos a mínima hipótese de efetuar qualquer melhoria. Somos altamente condicionados pela CM Braga e pelo autor do projeto. O estádio é propriedade municipal, não pertence ao SC Braga e, por isso, é imperial para nós pensarmos na mudança para um novo estádio, mais direcionado às necessidades do Clube, aos seus sócios, às famílias e aos seus adeptos. Um estádio adaptado às nossas raízes e que com capacidade para ter, no mínimo, cerca de 20 mil pessoas de forma permanente em todos os jogos. 

A 2ª fase da Cidade Desportiva estará totalmente terminada no início de 2022 e toda a atividade da formação e futebol profissional passará a funcionar em pleno no arranque da época 2022/23. Faremos, ainda, da Cidade Desportiva, a Casa das Modalidades.

Se tudo correr dentro da normalidade prevista e sem contratempos de qualquer espécie, o Estádio Centenário ficará pronto no próximo ano. Concluídas todas estas obras, o SC Braga ficará dotado de uma das melhores instalações em Portugal e talvez na Europa, como referiu a UEFA há pouco tempo num comunicado publicado nas suas plataformas digitais, colocando o SC Braga como uma das 10 melhores Academias europeias. Obra esta que, infelizmente, não contou com qualquer apoio financeiro de outras instituições – ao contrário de outros clubes. Refira-se que está ainda, nas nossas previsões, terminar o próximo mandato sem deixar qualquer passivo relacionado com este investimento.

03 Captação e relacionamento com os sócios

Sabendo eu que o Sr. António Salvador tem consciência que muito dificilmente conseguirá ser campeão nacional (futebol masculino) sem uma muito maior massa associativa, existe algum plano para, finalmente, fazer aumentar o número de associados? - António Lopes | O que pensa fazer para aumentar o número de adeptos no estádio? - Jorge Duarte

O SC Braga entra em todos os jogos para vencer, seja onde ou contra quem for. No entanto, esta nossa ambição sairia reforçada se tivéssemos pelo menos metade do orçamento dos ditos crónicos candidatos ao título e se tivéssemos um maior apoio social, com a presença maciça de sócios e adeptos a apoiarem os nossos jogos.

Acreditamos que o SC Braga tem um potencial de crescimento muito grande no que ao associativismo diz respeito. Temos uma população associada muito jovem – 47,73% dos nossos sócios têm abaixo de 25 anos (31,5% são homens e 16,23% são mulheres), sendo que, acima dos 25 anos, 38,41% são homens e 13,86% são mulheres – , o que nos garante alguma estabilidade num futuro próximo. Este foi um trabalho feito de base ao longo dos últimos anos, com as visitas às escolas nas quais angariamos centenas de novos associados, e que agora está a começar a dar frutos. Sendo o SC Braga um dos clubes do país que mais jovens tem como associados.

O SC Braga tudo tem feito para continuar a angariar novos sócios, mas também é verdade que seria importante que os sócios mais antigos e que querem fazer parte do dia a dia do clube ajudassem neste mesmo processo. Por exemplo, porque não cada sócio trazer um novo associado para o Clube? Se assim fosse, aumentaríamos significativamente o número de associados. E já agora, convidamos todos a empenhar-se nesta causa e não apenas a imputar responsabilidades ao Clube.

Da nossa parte, voltamos a informar que se podem tornar sócios desta forma: nas duas Lojas Oficiais do Clube, na Cidade Desportiva, na receção do Estádio Municipal de Braga ou nas plataformas digitais do SC Braga (site e APP). O processo é rápido e está detalhadamente explicado aqui: https://scbraga.pt/socio-inscricao/

Entende o Sr. António Salvador que essa tarefa (angariação de novos sócios), a existir, pode ser executada pelos serviços já existentes no Clube ou mereceria ser tratada por uma comissão específica para esse fim? - António Lopes

Entendemos que, neste momento, o Clube está na posse dos melhores profissionais e com meios técnicos de excelência para que este crescimento se possa efetivar com a matéria prima da casa. No entanto, o Clube está sempre disponível para ouvir quem quiser colaborar com ideias e sugestões, sempre no sentido da entreajuda que os braguistas e bracarenses já nos habituaram.

O que tem previsto o Sr. António Salvador para melhorar o relacionamento Clube/Associados? – António Lopes | Já em relação a nós adeptos peço que dê mais atenção e valor pois nos últimos anos isso não se tem sentido quer nas deslocações fora quer mesmo em nossa casa – Patrícia Dias

Julgo que é de inteira justiça que se reconheça o esforço que o Clube tem feito para se aproximar cada vez mais dos sócios, adeptos e da própria cidade. Desde logo, com a criação de ferramentas tecnológicas que permitem que o acesso do sócio ao Clube nas suas questões mais macro se efetue com cada vez maior rapidez. Se podemos fazer mais? Sim, claro, e pretendemos fazê-lo. Os sócios são o alicerce moral deste grande Clube. Vivemos tempos de exceção, e neste quase ano e meio que fisicamente foi difícil estarmos juntos, tentamos, através das nossas redes, uma maior aproximação. Estamos a trabalhar para que o regresso do público na próxima temporada seja feito com grandes campanhas (sendo uma delas o “traga um novo sócio”) e que esse seja não o regresso à normalidade, mas sim a uma ‘nova normalidade’: com mais sócios, mais aproximação, mais interação entre o Clube e todas as suas ramificações.

04 Estatutos

Está o Sr. António Salvador disponível para, logo após a sua reeleição, proceder à nomeação de uma Comissão Independente para o tratamento da reformulação global dos Estatutos do Clube? E estará disposto a que essa Comissão seja “obrigada” a apresentar uma proposta de alteração num prazo de 90 dias para que, depois de aprovada pela Direção, seja submetida à apreciação dos associados na próxima Assembleia Geral Ordinária (outubro de 2021)? António Lopes

Reconhecemos que os Estatutos do Clube carecem de uma modernização. Por isso, é nosso objetivo submeter à Assembleia Geral um pedido de revisão dos mesmos.

O que pensa o Sr. António Salvador sobre a conjugação do disposto no n.º 2 do artigo 77.º com o n.º 6 do artigo 92.º dos Estatutos? O Sr. António Salvador tem consciência que “controlando” cerca de 20 pessoas pode ficar na Presidência do SC Braga até ... quando quiser sair? Que importância tem, para o Sr. António Salvador, o respeito pelos Estatutos do Clube? – António Lopes

Tenho o máximo respeito pelos Estatutos do Clube e cumpro-os escrupulosamente. Recordo, porém, que os artigos em questões já existiam antes da minha chegada ao Clube. Devemos, contudo, ter sempre em consideração que devemos respeitar os ex-presidentes dos Clubes, pessoas que tanto deram e se sacrificaram em prol do SC Braga.

De que forma está a pensar recuperar a maioria na SAD e assim devolver o futuro do nosso clube aos associados? – Jorge Duarte

A SAD está igual desde o momento da sua criação. Nada foi mudado nem alterado. Apenas me limito a cumprir e a aceitar aquilo que está instituído desde a criação da SAD.

05 Responsabilidade Social

O projeto Braga Solidário tem tido cada vez mais iniciativas, e tem ajudado cada vez mais bracarenses, pretende investir cada vez mais no projeto? E se sim, que projetos têm em mente? De que maneira é que o clube em conjunto com o município pretende ajudar ao desenvolvimento da cidade? – João Carlos

O Braga Solidário é um dos projetos mais importantes do Clube e aquele que tem maior dimensão social. Vamos continuar a investir fortemente na componente solidária, aumentando o raio de ação e a rede de intervenção do Clube na região. Entendemos que o SC Braga não é apenas um Clube desportivo e será ainda maior se continuar a abraçar a sua enorme responsabilidade social, quer na educação dos jovens, quer no apoio aos mais desfavorecidos.

06 Data de Fundação

Passado que está o 19 de janeiro de 2021, o que pensa o Sr. António Salvador sobre a verdadeira data da fundação do SC Braga? Irá continuar, teimosamente, a defender a data oficial ou tem alguma ideia do que irá fazer? – António Lopes

O Livro do Centenário, lançado oficialmente ontem, traz à luz do dia vários dados importantes para aferirmos a história do nosso Clube. Com isto em mente, caberá aos sócios que tiverem dúvidas em relação à data da fundação esclarecer, em Assembleia Geral, todo este contexto. No entanto, uma coisa é certa: a direção do SC Braga estará disponível para acatar qualquer que seja a decisão fundamentada da Assembleia Geral.